Portugueses na Noruega

Portugueses na Noruega

Este forum foi criado com a intenção de por em contacto portugueses residentes na Noruega.

Lusofonia Bergen: Styret@lusofonia-bergen.no & https://www.facebook.com/pages/Lusofonia-Bergen/182063435206659
Embaixada Portuguesa em Oslo: http://www.portugalinnorway.com

Login

Esqueci minha senha

Abril 2014

SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930    

Calendário Calendário

Quem está conectado

1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Nenhum


O recorde de usuários online foi de 58 em Qua Maio 23, 2012 8:48 pm

    A minha experiência

    Compartilhe

    helder
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 2
    Data de inscrição: 10/06/2008

    A minha experiência

    Mensagem por helder em Ter Jun 10, 2008 9:16 am

    Olá. Eu sou o Helder, 28 anos, nasci em Lisboa e consegui realizar o sonho de trabalhar como engenheiro informático em Oslo em Abril de 2007. Adoro este país mas também não perco uma oportunidade para criticar o que considero que poderia ser melhorado. A língua é de facto o maior obstáculo, não por ser extremamente complicada, mas por toda a gente falar inglês (em especial nas empresas por onde tenho passado). Eu diria até que se não aprendessemos Inglês na escola e não víssemos tantos filmes americanos e não ouvíssemos tanta música em Inglês, esta seria uma língua bem mais complicada de aprender do que o Norueguês (e em particular a forma escrita). Por vezls sinto-me bastante frustrado porque consigo comunicar na perfeicão de forma escrita com os meus colegas noruegueses, leio jornais e assisto a filmes lendo as legendas. Mas se tiver que me exprimir verbalmente ou entender o que me dizem, sou uma quase nulidade nesse aspecto. Demasiadas pronúncias e dialectos diferentes, é muito complicado... Já agora aproveito para deixar um recado para os portugueses que por estes dias ouvem falar muito da maravilha que é a Noruega e que decidem vir para cá... porque sim. Não o facam se não tiverem pelo menos visitado o país. Vir para cá porque ouvem dizer que é o melhor país do Mundo não é um motivo suficiente. Mais cedo do que mais tarde irão sentir-se sozinhos e frustrados. Arranjar emprego aqui sem falar a língua é uma missão quase impossível, a menos que se trabalhe na indústria informática (ou outras do género, e mesmo assim é complicado), ou que venham já com um contrato de Portugal. Não sei o que se passa no resto do país, mas em Oslo simplesmente ninguém lhes oferecerá emprego se não *dominarem* a língua (o que não é possível alcancar sem viver cá durante muito tempo, portanto estão a ver qual é o problema...). Arranjar amigos por aqui demora uma eternidade e as conversas de café não serão em Inglês, portanto sentimo-nos isolados. Aproveito também para exprimir a minha tristeza relativamente aos portugueses que por cá vivem. Sempre que encontrei alguém por acaso e resolvi tomar contacto, arrependi-me logo de seguida. Ou se trata de gente que está muito bem na vida e que não está minimamente interessada na comunidade portuguesa, ou são pessoas que por algum motivo evitam o contacto com gentes do seu sangue e país. Mesmo durante o jogo Portugal-Turquia, ao qual assisti na Fanzone montada à beira do fiorde, ninguém das 2 ou 3 dezenas de pessoas vestidas com a camisola da seleccão nacional se mostrou interessado em criar uma festa conjunta bonita. Todos viram a cara para o lado quando os olhares se cruzam, em vez de acenar, como que dizendo "eu queria ser o único português aqui"... ou então outra coisa qualquer que sinceramente não entendo. Era isto que eu queria deixar neste fórum para já Smile Abraco, Helder

    inoart
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 1
    Data de inscrição: 08/12/2009

    Re: A minha experiência

    Mensagem por inoart em Sab Abr 03, 2010 1:04 pm

    "Arranjar emprego aqui sem falar a língua é uma missão quase impossível, a menos que se trabalhe na indústria informática (ou outras do género, e mesmo assim é complicado)".
    Ha ha , esta é demais.Vocês informáticos têm mesmo a mania. Então eu engenheiro mecânico licenciado pela FEUP , não arranjava trabalho na Noruega?Poupe-me.Quando veio cá o EURES ao Porto, um dos conselheiros da noruega viu a minha média final 14 e só me perguntou aonde é que queria trabalhar. Meu deus, nem noutro país o portuguesinho vulgar como este senhor deixa de ser egoísta...

    helder
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 2
    Data de inscrição: 10/06/2008

    Re: A minha experiência

    Mensagem por helder em Sab Abr 03, 2010 9:01 pm

    inoart escreveu:"Arranjar emprego aqui sem falar a língua é uma missão quase impossível, a menos que se trabalhe na indústria informática (ou outras do género, e mesmo assim é complicado)".
    Ha ha , esta é demais.Vocês informáticos têm mesmo a mania. Então eu engenheiro mecânico licenciado pela FEUP , não arranjava trabalho na Noruega?Poupe-me.Quando veio cá o EURES ao Porto, um dos conselheiros da noruega viu a minha média final 14 e só me perguntou aonde é que queria trabalhar. Meu deus, nem noutro país o portuguesinho vulgar como este senhor deixa de ser egoísta...

    1) Nunca vi uma resposta tão mal-educada e simultaneamente imbecil em nenhum fórum. Qual parte do "(ou outras do género, e mesmo assim é complicado)" é que não percebeu? Referia-me obviamente a qualquer engenharia, umas mais que outras. Não entendo o que tem contra engenheiros informáticos (sim, como eu próprio, já que pediu confirmacão), mas talvez seja na mesma frequência de onda do que eu tenho contra gente idiota como o senhor.

    2) Uma coisa é um conselheiro EURES ir até à sua faculdade (representar empresas que andam desesperadamente no mercado à procura de pessoas qualificadas e mais baratas no estrangeiro, até porque não encontram profissionais nas regiões onde estão estabelecidas), outra coisa é o senhor meter as suas mãozinhas ao trabalho e arranjar um emprego na Noruega, tanto a partir de Portugal, como voando até ao país, tentando convencer uma qualquer empresa a contratar um estrangeiro que não fala a língua local. No meu caso, tenho anos de experiência com os dois métodos, e o senhor? Já agora: engenharia mecânica é de longe e simplesmente a área mais requisitada na Noruega devido à indústria do petróleo e da pesca, portanto não venha cagar postas de pescada (ou bacalhau, se preferir). Tem toda a razão, talvez eu devesse ter fraseado "a menos que se trabalhe na indústria mecânica e se tenha a papinha toda feita pela rede EURES" ao invés. Quando lhe perguntaram onde queria trabalhar, também lhe perguntaram quanto queria ganhar? Espero que tenha nocão que os estrangeiros são gentilmente convidados a trabalhar na Noruega muitas vezes por pouco mais de metade do salário de um norueguês com menos habilitacões.

    3) "Vulgar" é a sua prima e com média 14 deve ser com certeza um génio, os meus parabéns pela classificacão elevadíssima. Conheco engenheiros doutorados que nunca conseguiram ser aceites em qualquer (!) emprego na Noruega, o que dizer dos outros. Diga-me, vive na Noruega? Se sim, há quanto tempo? Conhece gente "normal" (estrangeiros que não falam Norueguês e sem qualificacões nas áreas de engenharia) à procura de emprego? Quantos? Tiveram muito sucesso na procura e estão integrados e muito bem na vida? Se sim, conseguiram-no por mérito próprio ou tinha algum contacto na Noruega? Tenha dó.

    Para finalizar, quando quiser dizer-me essas coisas cara a cara como um homem, estou disponível. Mas terá de se deslocar fora da Europa, porque já nem no continente europeu este seu vulgar engenheiro portuguesinho reside. Haja paciência para aturar bimbos...

    SÉRGIO RODRIGUES
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 2
    Data de inscrição: 17/01/2010

    Re: A minha experiência

    Mensagem por SÉRGIO RODRIGUES em Sex Abr 09, 2010 10:25 pm

    DOU-LHE OS MEUS PARABÉNS, da forma sucinta e sincera como expõe a sua experiência e, já agora aproveito para lhe dizer obrigado.
    Somente através de pessoas como você, é possível ter acesso ao conhecimento da realidade na Noruega para um Português que não saiba a lingua Norueguesa.
    Eu gostaria de concretizar a ambição de conhecer um país como a Noruega no âmbito Laboral, em que eu me podesse inserir e trabalhar. Mas vejo que é completamente impossível e, assim, rendo-me às evidências. A Noruega se não estou enganado, é só o País mais rico da Europa, por tanto deve ser evoluído a todos os níveis.

    Mais uma vez obrigado Hélder! Vê-se que é uma pessoa com uma cultura acima da média!!

    Hugo Miguel
    Active
    Active

    Mensagens: 95
    Data de inscrição: 21/03/2010
    Idade: 33
    Localização: Bergen - Noruega

    Re: A minha experiência

    Mensagem por Hugo Miguel em Qui Dez 02, 2010 3:58 am

    PORRADA!!

    CC
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 1
    Data de inscrição: 16/02/2011

    Re: A minha experiência

    Mensagem por CC em Sex Fev 18, 2011 3:23 pm

    Olá Helder

    Estou de partida para Bergen para visitar amigos noruegueses, e também com o objectivo de tentar a minha sorte a nível laboral (eng civil), uma vez que faço parte da "Geração á Rasca"...Já tenho uma ideia de como as coisas funcionam , mas do ponto de vista dos meus amigos,foi bom ter lido a informação que deixou neste forum Very Happy
    Obrigada pela coerência

    Duka
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 4
    Data de inscrição: 12/04/2011

    Re: A minha experiência

    Mensagem por Duka em Ter Abr 12, 2011 12:06 pm

    Por experiencia e conhecimento, trabalhar na Noruega sem saber a lingua, é perfeitamente possivel, nomeadamente na area das engenharias gestao e design por exemplo. O ingles em muitos muitos casos é suficiente. Ir a um cafe, supermercado, museu, o que for, a lingua nao sera um entrave, pois qualquer pessoa fala ingles. Na minha opiniao o idioma nao é de todo uma dificuldade. Mais, quem tiver interessado e empenhado em o aprender, facilmente o consegue, precisa claro esta de dedicacao! Dificil é nao ter a nossa comidinha e os nossos petiscos, aqui petiscos sao salchichas e waffles, isso sim é dificil Smile


    Hugo Miguel
    Active
    Active

    Mensagens: 95
    Data de inscrição: 21/03/2010
    Idade: 33
    Localização: Bergen - Noruega

    Re: A minha experiência

    Mensagem por Hugo Miguel em Seg Abr 18, 2011 12:44 am

    Duka escreveu:Por experiencia e conhecimento, trabalhar na Noruega sem saber a lingua, é perfeitamente possivel, nomeadamente na area das engenharias gestao e design por exemplo. O ingles em muitos muitos casos é suficiente. Ir a um cafe, supermercado, museu, o que for, a lingua nao sera um entrave, pois qualquer pessoa fala ingles. Na minha opiniao o idioma nao é de todo uma dificuldade. Mais, quem tiver interessado e empenhado em o aprender, facilmente o consegue, precisa claro esta de dedicacao! Dificil é nao ter a nossa comidinha e os nossos petiscos, aqui petiscos sao salchichas e waffles, isso sim é dificil Smile


    Os petiscos podem ser resolvidos com ajuda da nossa terrinha.. um queijo ou chourico pelo correio mata muitas saudades!!

    Duka
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 4
    Data de inscrição: 12/04/2011

    Re: A minha experiência

    Mensagem por Duka em Ter Abr 19, 2011 2:07 pm

    Hugo Miguel escreveu:
    Duka escreveu:Por experiencia e conhecimento, trabalhar na Noruega sem saber a lingua, é perfeitamente possivel, nomeadamente na area das engenharias gestao e design por exemplo. O ingles em muitos muitos casos é suficiente. Ir a um cafe, supermercado, museu, o que for, a lingua nao sera um entrave, pois qualquer pessoa fala ingles. Na minha opiniao o idioma nao é de todo uma dificuldade. Mais, quem tiver interessado e empenhado em o aprender, facilmente o consegue, precisa claro esta de dedicacao! Dificil é nao ter a nossa comidinha e os nossos petiscos, aqui petiscos sao salchichas e waffles, isso sim é dificil Smile


    Os petiscos podem ser resolvidos com ajuda da nossa terrinha.. um queijo ou chourico pelo correio mata muitas saudades!!




    É verdade, Hugo. Tem de ser assim!
    E quando se regressa da terrinha, esses petiscos, são obrigatorios na mala de viagem!

    carcarias
    Soldado
    Soldado

    Mensagens: 8
    Data de inscrição: 14/01/2011

    Re: A minha experiência

    Mensagem por carcarias em Qui Out 20, 2011 3:59 pm

    [/quote]Quando lhe perguntaram onde queria trabalhar, também lhe perguntaram quanto queria ganhar? Espero que tenha nocão que os estrangeiros são gentilmente convidados a trabalhar na Noruega muitas vezes por pouco mais de metade do salário de um norueguês com menos habilitacões.
    [/quote]

    Obrigado pelo relato da sua experiência de facto parece-me muito realista e objectiva.

    Mas gostaria de lhe fazer uma pergunta muito directa e concreta. Quanto é o vencimento (médio) de um engenheiro na Noruega? (caso saiba ou tenha alguma noção dos valores)

    Obrigado,
    Afonso

    Duka
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 4
    Data de inscrição: 12/04/2011

    Re: A minha experiência

    Mensagem por Duka em Qui Out 20, 2011 8:22 pm

    Se me permite, nao estou de acordo, relativamente ao facto de os Portugueses ganharem menos que os Noruegueses, os ordenados aqui, sao sempre "negociados" e um portugues com uma lincenciatura, consegue perfeitamente tirar o mesmo ordenado de um noruegues na mesma posicão. Conta muito a postura de uma pessoa durante entrevista, por ex.

    Em relacao ao ordenado medio de um engenheiro aqui na Noruega, este ronda no minimo, as 35.000Kr/mês.

























    Ric
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 3
    Data de inscrição: 02/10/2011

    Re: A minha experiência

    Mensagem por Ric em Dom Out 23, 2011 1:38 am

    Boa noite Helder.

    Só queria deixar aqui um pouco a minha experiência.

    Concordo com a globalidade das suas ideias relativamente à Noruega. Isto é mais uma mensagem de conforto para si, pois revi-me muito nas suas posições relativamente à sociedade norueguesa.

    Tenho 26 anos e trabalho na ciência (área de cancro) e é a terceira vez que me desloco à Noruega (Oslo), desta vez a muito curto prazo, e ainda bem! Para os portugueses é muito díficil viver cá, por vários motivos. Um dos motivos é se o seu salário é pago por via portuguesa ou norueguesa. No meu caso, visto que sou bolseiro por uma Fundação Portuguesa, a minha renumeração é um factor muito mas mesmo muito limitante na Noruega! Confesso que a minha liberdade aqui está condicionada devido à condição financeira. A vida cá é estupidamente cara! O outro motivo prende-se com a forma de como "seres" como os portugueses se relacionam em sociedade. Uma sociedade como a norueguesa é totalmente desaconselhada aos portugueses. Aqui levam-se anos a fazer amigos, eles não se esforçam (nem querem saber) se estás sozinho ou não! Não tomam iniciativas para nada. Em Portugal, as pessoas não seriam deixadas assim ao "abandono"! Quando estou cá falta-me o "calor" da sociedade portuguesa! É muito fácil uma pessoa estar desmotivada cá passado alguns meses. Por exemplo, nesta minha última estadia cá, cheguei à primeira semana já saturado de estar cá! A culpa não é deles, a culpa é nossa porque temos um padrão de relacionamento humano muito próximo e muito caloroso.

    Ao mesmo tempo as relações laborais na Noruega são fantásticas, e as pessoas tanto no trabalho como para informações circunstanciais (na rua por exemplo) são muito prestáveis. No entanto, infelizmente, esta aparente simpatia (típica de uma visão de um turista que adora quando vem passar férias à Noruega) é circunstancial. Quando tentas um relacionamento de amizade é quase impossível consegui-lo.

    Eu "gostava muito de gostar" de estar cá, porque profissionalmente sinto-me muito bem cá, mas sou uma pessoa muito social e como tal não me dou nada bem em viver tanto tempo sozinho, tantas horas sem falar com ninguém! Não quero dizer com isto que isso ocorrerá com as outras pessoas que experienciem viver na Noruega, mas esta é a minha experiência e de algumas pessoas que já conheço que já estiveram cá.

    A barreira da língua é factor fundamental. O almoço (apenas umas totas e um café) dos noruegueses é às 11h30, pelo que fiz um esforço enorme para almoçar com eles ÀS 11h30 (com um prato de comida quente claro! Smile ). Houve um momento que desisti de almoçar com eles, porque simplesmente quando dava por mim, estava eu no meio de conversas cruzadas em norueguês e não faziam um esforço para falar em inglês! E sempre que falavam em inglês era dirigido apenas a mim, e falavam sempre do mesmo: o TEMPO!!! Ou seja, não há um esforço da parte deles de terem uma conversa normal incluindo-me a mim na conversa! Simplesmente desisti de almoçar com eles, e almoço muitas das vezes à hora que me apetece, porque afinal de contas estou sempre "sozinho" a almoçar. Para mim, ter refeições sem ninguém para conversar é das coisas mais tristes que posso ter na vida. E isso acontece com muita frequência cá!

    Enfim, para mim tomar a decisão de vir trabalhar a longo prazo para a Noruega siginifica também decidir entre a minha vida social e a minha vida profissional! Desculpem, mas este sentimento não é exagerado pelas "mil e uma" experiências que já cá tive.

    Portanto, se estiverem preparados e acharem que conseguem vencer e gerir bem estas dificuldades nas relações humanas, recomendo vivamente a Noruega para trabalhar! Os salários são muito bons e que dá perfeitamente para as pessoas terem uma vida sem dificuldades financeira.

    Cumprimentos,

    Ricardo

    jose rodrigues
    Inactive
    Inactive

    Mensagens: 1
    Data de inscrição: 20/10/2011
    Localização: lisboa

    Arranjar trabalho

    Mensagem por jose rodrigues em Dom Out 23, 2011 5:44 pm

    Boa Tarde!
    Estou interessado em arranjar trabalho na Noruega, sou militar de carreira, estou na reserva mas como a situação em portugal não está fácil estou interessado conjuntamente com a minha esposa , arranjar-mos Smile alguma coisa. Se alguém me puder ajudar , desde já agradeço!

    cmlsantos
    Soldado
    Soldado

    Mensagens: 9
    Data de inscrição: 07/07/2013

    Re: A minha experiência

    Mensagem por cmlsantos em Dom Jul 14, 2013 1:46 am

    Duka escreveu:Se me permite, nao estou de acordo, relativamente ao facto de os Portugueses ganharem menos que os Noruegueses, os ordenados aqui, sao sempre "negociados" e um portugues com uma lincenciatura, consegue perfeitamente tirar o mesmo ordenado de um noruegues na mesma posicão. Conta muito a postura de uma pessoa durante entrevista, por ex.

    Em relacao ao ordenado medio de um engenheiro aqui na Noruega, este ronda no minimo, as 35.000Kr/mês.



    Olá Duka

    Com este ordenado é possível viver um casal e 3 filhos na Noruega?
    É que pelos preços de casas parece-me que não. Um engenheiro em portugal ainda consegue ganhar e sustentar uma família, pois as casas são baratas. Ou estarei a fazer mal as contas? Será que me pode esclarecer?

    Cumprimentos























    Admin
    Admin
    Admin

    Mensagens: 61
    Data de inscrição: 22/03/2008
    Localização: Noruega

    Re: A minha experiência

    Mensagem por Admin em Dom Jul 14, 2013 4:46 am

    inoart

    As mensagens e experiências aqui gentilmente partilhadas pelos utilizadores deste fórum, merecem o seu respeito!

    cmlsantos
    Soldado
    Soldado

    Mensagens: 9
    Data de inscrição: 07/07/2013

    Re: A minha experiência

    Mensagem por cmlsantos em Seg Jul 15, 2013 9:17 am

    cmlsantos escreveu:
    Duka escreveu:Se me permite, nao estou de acordo, relativamente ao facto de os Portugueses ganharem menos que os Noruegueses, os ordenados aqui, sao sempre "negociados" e um portugues com uma lincenciatura, consegue perfeitamente tirar o mesmo ordenado de um noruegues na mesma posicão. Conta muito a postura de uma pessoa durante entrevista, por ex.

    Em relacao ao ordenado medio de um engenheiro aqui na Noruega, este ronda no minimo, as 35.000Kr/mês.



    Olá Duka

    Com este ordenado é possível viver um casal e 3 filhos na Noruega?
    É que pelos preços de casas parece-me que não. Um engenheiro em portugal ainda consegue ganhar e sustentar uma família, pois as casas são baratas. Ou estarei a fazer mal as contas? Será que me pode esclarecer?

    Cumprimentos




    Duka

    Esse valor de 35000 é bruto. Certo? Com as taxas de impostos aplicadas na Noruega isso dará cerca de 23700/mês.
    Este valor foi mais ou menos o que me ofereceram para trabalhar na Noruega em Trondheim. No entanto, tenho andado a ver dos preços de casa, custos de alimentação, electricidade e transportes e vejo que esse valor apenas daria para uma pessoa. Para uma família de 5 (o meu marido ainda não conseguiu nada) o valor não chega. 
    Está de acordo?

    Cumprimentos 



















      Data/hora atual: Qua Abr 23, 2014 7:44 am